Ao criar uma campanha em Google Ads, ou seja, anúncios com um determinado objetivo, está na realidade a criar um conjunto de instruções que dizem ao Google quais são os anúncios a publicar, quando os publicar, e quanto está disposto a investir por essa exposição.

Se desejar realizar anúncios de pesquisa, anúncios de exibição (display) ou anúncios no YouTube, saiba que estes são mais fáceis de gerir e acompanhar quando estão em campanhas separadas.

Pretende-se uma campanha diferente para cada país ou região onde se veiculam anúncios. 

Neste artigo, vou guiá-lo com as principais estratégias e ideias, com tudo o que precisa de saber para construir a sua primeira campanha — não importa o seu objetivo.

campanha no google ads

Se estiver a gastar mais dinheiro para um determinado território, como por exemplo Portugal em comparação com Espanha, ter duas campanhas separadas ajudá-lo-á a controlar os orçamentos para cada país. 

Também permite definir o vocabulário e ortografia diferentes nos próprios anúncios.

Primeira campanha Google Ads


Campanhas diferentes para diferentes produtos

Digamos que na área da maquilhagem vende desmaquilhante, bálsamos, batons. 

Pode colocar todos estes produtos numa única campanha, mas diferentes produtos têm pontos de preço variáveis e contribuem com diferentes níveis de lucro para o seu negócio. 

Com campanhas separadas para cada produto, pode ver com mais clareza as diferenças individuais no seu desempenho e atividade. 

Além disso, permite-lhe separar os diferentes orçamentos, o que é especialmente útil em mercados sazonais. 

Por exemplo, em fevereiro, poderá reduzir o orçamento em produtos de proteção solar e aumentar o orçamento em batons para corresponder à procura sazonal, e depois no próximo mês poderá fazer o contrário. 

Construir a primeira campanha em Google Ads corretamente

A primeira decisão que tomará é que tipo de anúncio quer publicar. 

Resumidamente existem quatro tipos principais: 

  • anúncios de pesquisa;
  • anúncios de compras;
  • anúncios de exibição ou banners;
  • anúncios de vídeo.

Recomendo começar com anúncios de pesquisa, pelo que a sua primeira campanha será uma campanha de pesquisa. 

Este é o formato mais fácil de gerir e tornar rentável o seu tempo e dinheiro.

Dentro dessa campanha com um nome interno, terá alguns grupos de anúncios. 

Um grupo de anúncios é apenas um contentor com anúncios e palavras-chave.

A sua campanha terá também um preço de oferta, correspondendo ao máximo que está disposto a pagar cada vez que alguém clica num dos seus anúncios.

Assim, quando começar, terá pelo menos uma campanha. 

Nessa campanha, terá pelo menos um grupo de anúncios, contendo no mínimo um anúncio e uma palavra-chave (terá certamente mais), assim como um preço de licitação. 

Exemplo:

Digamos que trabalha no ramo imobiliário com interesse em vender casas na região da Madeira.

  • Crie uma campanha de pesquisa;
  • Dentro da campanha, crie um único grupo de anúncios;
  • Vamos chamar-lhe «Imobiliárias Madeira». Nesse grupo de anúncios, começa com algumas palavras-chave: imobiliárias funchal, imobiliárias no funchal, imobiliárias na madeira;
  • Escreva um anúncio;
  • Para a campanha, estabeleça um preço máximo de oferta de 1 € por clique;
  • Disponibilize o anúncio para entrar em ação.

Imagine que alguém vai ao Google.pt e procura por «imobiliárias no funchal», e o Google decide mostrar-lhes o seu anúncio.

Se eles clicarem no seu anúncio, pagará uma taxa ao Google.
Na grande maioria das vezes, será menos de 1 €.

Resumo:

  • Campanha: Imóveis no Funchal 2022
  • Grupo de anúncios#1: Imobiliárias Madeira
  • Palavras-Chave: imobiliárias funchal, imobiliárias no funchal, imobiliárias na madeira
  • Preço de licitação: 1 €


Como organizar as definições de campanha Google Ads

Deve ter em consideração algumas áreas-chave ao criar a sua primeira campanha. 

O que pode correr mal?

  • Pode atrair as pessoas erradas ou não atrair ninguém;
  • Os seus anúncios podem ser irrelevantes ou simplesmente ineficazes;
  • Pode pagar demasiado ou não pagar o suficiente para que os seus anúncios apareçam.


Significa que vai precisar de orientação para

  • Direcionamento correto;
  • Mensagens certas;
  • Licitação correta;
  • Orçamento. 

Pretendo, neste artigo, guiá-lo passo a passo através de uma configuração básica, que cobrirá adequadamente as bases, à medida que operacionalizar.


Como montar a sua primeira campanha: mãos na massa

  • Navegue até ao separador «Campanhas», à esquerda do ecrã.
  • Clique no grande botão azul «+» para iniciar o processo.
marketing-digital
Clicar no botão azul (Nova campanha)
  • Clique em New Campaign (Nova Campanha).
  • Terá a opção de escolher um «objetivo». Isto pode ajudá-lo a começar facilmente, mas também pode limitar as características disponíveis. Para a maior flexibilidade, escolha «Criar uma Campanha sem objetivo». Se já estiver sobrecarregado, escolha «Leads» se o seu site for concebido para obter leads ou «Vendas» se estiver a vender produtos.
 objetivos-campanha-google-ads
Clicar na opção (Criar uma campanha sem a orientação de um objetivo)

Em seguida, escolha o seu tipo de campanha. Recomendo que comece por «Pesquisar».

tipo de campanha google ads
Tipo de Campanha (Selecionar Pesquisar)
  • Depois pode escolher o resultado que deseja como objetivos de conversão para otimizar o desempenho da campanha ou selecionar os resultados que pretende obter para esta campanha (visitas ao site, chamadas telefónicas ou downloads de aplicações). 
  • Dê um nome à campanha e clique no botão azul «CONTINUAR».
  • Defina o seu orçamento diário médio para a campanha. Escolha uma pequena quantia de dinheiro que está preparado para perder.
  • Licitações: É preciso fazer alguns cliques para encontrar a «Licitação Manual», a qual recomendo para quando começar.
marketing-digital
Selecionar a opção (estratégia de lance diretamente)
  • Escolha «Estratégia de lance diretamente» (sublinhei a azul)
  • Selecione «Manual» a partir do menu.
marketing-digital
Selecionar a opção CPC Manual

Ser-lhe-á pedido que utilize o CPC Otimizado. Isto permite que o sistema tome algumas decisões por si, sem ignorar completamente a sua direção. Normalmente eu desmarco, mas depende das circunstâncias e campanhas.

  • Botão azul (SEGUINTE >)

Estamos agora nas definições para selecionar a «Rede».

  • Escolha as redes onde pretende mostrar os anúncios (desmarque por agora «Parceiros de pesquisa Google – Google Search Partners» e a «Rede Display»).
  • Escolha o local onde os seus anúncios irão aparecer. Comece pela opção mais pequena, mais local, por exemplo, a sua cidade, em vez de todo o país.
  • A menos que tenha como alvo um grupo linguístico minoritário específico, defina a sua campanha para a língua única dominante na sua área geográfica. 
  • Ignore «Públicos-Alvo» por agora; começaremos apenas com palavras-chave.
  • Verá secções sobre audiências, programação de anúncios e rotação de anúncios. Mais uma vez, pode saltar estas secções por agora. Terei oportunidade de, noutros artigos/contexto, detalhar estas áreas. 
  • Pode definir datas de início e fim para a sua campanha. Na maioria dos casos, não utilizaria esta opção a menos que estivesse a configurar uma campanha para uma promoção específica ou período de férias e pretendesse que os seus anúncios fossem encerrados após uma determinada data.
  • Ser-lhe-á pedido, como parte da configuração da sua campanha, que acrescente algumas extensões de anúncios. Ignore-as por agora.
  • Ser-lhe-ão dadas algumas opções de URL para ajudar no rastreio e medição. Ignore-as, por agora.

Estas são as primeiras configurações base.

Compreender a estratégia na criação de anúncios remete para uma pergunta:


Para que serve um Grupo de Anúncios em Google Ads?

Terá alguns grupos de anúncios dentro da sua campanha. 

Mas porque precisa de mais do que um?

Considere o seguinte:

Imagine que está à procura de «imóveis no funchal», há mais probabilidades de clicar num anúncio que fala especificamente sobre imóveis na cidade do que sobre imóveis em geral, sem contexto.

Se pensar mais específico em «apartamento T2 no funchal», terá mais probabilidades de clicar num anúncio de imóveis que mencione especificamente «apartamento», «T2» e «funchal».

A lógica operacional seria:

1. Criar um grupo de anúncios
2. Dentro desse contentor também conhecido como AdGroup, criam-se vários anúncios, tendo no contexto 30-50 palavras-chave. Essas palavras-chave são sobre imóveis, tipologias (T1, T2, T3, T4), funchal, madeira.

Hipoteticamente, imagine que os seus anúncios só falam genericamente sobre «imóveis no funchal», não mencionando a tipologia (T1, T2, T3, T4).
Cuidado!

Um cliente que esteja à procura de «imóveis T2 no funchal», é mais provável que ignore anúncios generalistas, sem contexto, sem as palavras que o utilizador usou na barra de pesquisa do Google para encontrar uma solução para as suas necessidades.

É aí que entram grupos de anúncios separados. 

Pode mover as suas palavras-chave «T2» para um novo grupo de anúncios com um ou dois novos anúncios escritos especificamente sobre «T2».
Depois mova as palavras-chave «apartamento» para um grupo de anúncios diferente, onde os seus anúncios falam especificamente sobre as vantagens do «apartamento».

Desta forma, sabe que as pessoas que digitam essas palavras-chave verão anúncios relevantes e direcionados. Melhor ainda, pode direcionar esses anúncios de «apartamento» para uma página de destino especificamente sobre «apartamento T2 no funchal» e os anúncios com «T3» para uma página diferente.

Reforçando: Com este método, sabemos exatamente o que o seu potencial cliente procurou, que palavra-chave foi ativada na nossa conta e que anúncio viram. 

O seu trabalho é enviá-los para uma página que corresponda a estes pressupostos, mantendo a relevância para garantir a melhor experiência. 

As pessoas pesquisaram, viram um anúncio e agora aterram numa página com mensagens consistentes.


Como fazer Google Ads para direcionar visitas ao meu site

Muitos anunciantes criam aquilo a que chamamos grupos de anúncios de uma única palavra-chave. 

É um grupo de anúncios que contém apenas uma palavra-chave e um anúncio escrito exclusivamente para esse termo de pesquisa.

Quando se pensa em automatização, este formato de grupos segmentados, tão restritos, significa que cada grupo individual acumulará muito poucos dados de desempenho ao longo do tempo. Isto torna-se um problema, uma vez que a aprendizagem da máquina (machine learning) do Google requer muitos dados para ter um bom desempenho. 

Não se quer dificultar o Google.

Um anúncio do Google funciona melhor quando se pode levar um visitante para a página mais relevante para eles.

Então, que abordagem adotar? 

  • Comece com um pequeno número de grupos de anúncio (3 a 5), com 30 a 50 palavras-chave. 
  • Agrupe essas palavras-chave em pequenos grupos, num contexto de temas restritos. 
  • Certifique-se de que cada grupo de anúncios e cada anúncio deve refletir as palavras-chave que o acompanham tão próxima e literalmente quanto possível.

Resumindo:

  • Campanha: Imóveis no Funchal 2022
  • Grupo de Anúncios #1: «apartamento T2 no funchal»
  • Palavras-chave: apartamento t2 funchal, apartamento t2 no funchal, apartamento t2 na madeira, apartamento t2 madeira, apartamento t2, apartamento condomínio funchal.
  • Grupo de Anúncios #2: «Imobiliárias Madeira»
  • Palavras-chave: imobiliárias funchal, imobiliárias no funchal, imobiliárias na madeira, imobiliária no funchal, imobiliária de luxo, imobiliária perto do funchal.

Cada grupo de anúncios contém três coisas: no mínimo um anúncio, uma palavra-chave e uma proposta única de valor.

Licite no princípio, apenas ao nível de grupo de anúncios.
Ignore a opção de estabelecer lances separados para palavras-chave individuais. Será útil, mas apenas se tiver experiência.


Quanto investir em Google Ads?

Os Anúncios Google são um leilão competitivo. 

Quanto mais anunciantes estiverem a licitar sobre uma determinada palavra-chave, mais elevado será o preço da sua licitação. 

Não difere do leilão de uma casa: quanto mais pessoas quiserem comprar a casa, mais alto terá de licitar se quiser ganhar o leilão.

Nos Anúncios Google, não se pode comprar e possuir uma palavra-chave da forma como se pode ser dono de uma casa. 

Quanto mais alto licitar, mais provável é visualizar o seu anúncio quando alguém pesquisa a palavra-chave e, consequentemente, maior a probabilidade de aparecer no topo da página.

Mas o anúncio no topo da página não pertence necessariamente ao anunciante disposto a gastar mais dinheiro. Há mais detalhes que requerem mais desenvolvimento pedagógico, para o objetivo a que este artigo se propõe de criar uma primeira campanha.

Por agora, recomendo que licite uma quantia com a qual se sinta confortável e que possa tolerar a perda a curto prazo. 

  • Licite demasiado alto e irá desperdiçar dinheiro. 
  • Licite demasiado baixo e os seus anúncios não vão aparecer. 

Ajuste à quantia certa. 

No início, escolha uma quantia relativamente pequena. Se os seus anúncios não aparecerem com frequência suficiente, pode sempre aumentar a sua licitação.

Lembre-se de que também tem a segurança do orçamento diário da sua campanha, para garantir que nunca gasta em excesso num determinado dia. 

Como regra simples, defina o seu orçamento para, pelo menos, cinco a dez vezes o montante da sua licitação. 

Assim, se o preço da sua oferta for 1 € por clique, defina o seu orçamento diário para 5 € ou 10 € por dia. 

Da mesma forma, um lance de 10 € (loucura!) por clique significa um orçamento diário de 50 € a 100 €.


Como tornar-se um anunciante rentável no Google Ads?

Os anunciantes que pretendem rentabilizar o seu tempo e dinheiro estão preparados para investir em planeamento e otimizar as suas campanhas ao longo do tempo.

Os passos mais importantes que precisa de dar ao construir a sua primeira campanha:

  • Crie a campanha;
  • Defina um pequeno orçamento para a campanha — um montante que se pode dar ao luxo de perder;
  • Dentro dessa campanha, comece com um grupo de anúncios;
  • Pesquise e reúna as suas palavras-chave;
  • Acrescente as palavras-chave ao grupo de anúncios;
planeador-palavras-chave
Clicar em (Ferramentas & Definições) e em (Planeador de palavras-chave)
  • Escreva pelo menos um anúncio;
  • Defina uma proposta única de valor (um conceito, uma frase, uma ideia que defina, de forma clara, o seu negócio e o porquê que o tornam único) para o grupo de anúncios;
  • Se tiver conjuntos adicionais de palavras-chave que envolvam outros temas, crie um novo grupo de anúncios para cada tema separado;
  • Manter o que funciona; afinar ou apagar o que não funciona;
  • Ajustar e repetir.

O próximo grande detalhe para operacional é monitorizar e rastrear os resultados, um tema para próximos desenvolvimentos.

Leitura complementar

Como fazer Google Ads: Planeamento e Objetivos

Google Ads 2022 com atualizações e a quota de mercado na publicidade

Como anunciar no Google Ads sem ter anúncios suspensos

Google AdSense: Como funciona, o que precisa saber – Parte 1

As receitas da Publicidade Digital: Apple, Google, Facebook, Amazon

Como aparecer na primeira página da Google: (🔊 ÁUDIO) As 3 prioridades SEO 

Quer aprender mais comigo?

Outras referências: empresa de consultoria > consultoria empresarial >