Press enter to see results or esc to cancel.

#leiturafimdesemana | Marketing 3.0 – Do Produto e do Consumidor até ao Espírito Humano

Marketing 3.0 – Do Produto e do Consumidor até ao Espírito Humano nasceu do esforço conjunto de Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan, e foi originalmente publicado em 2010. Em 2011 é editado em Portugal, pelas mãos da Actual Editora (com nova roupagem na edição de 2014).
Este livro expõe as principais ideias dos três autores, para que as empresas possam integrar as práticas do chamado Marketing 3.0 na sua organização, numa visão de colaboração, de transformação global e com uma perspectiva mais abrangente, que encare os consumidores como colaboradores, alinhados em parceria.

A ideia do Marketing 3.0 foi concebida originalmente na Ásia, em Novembro de 2005, por um grupo de consultores da MarkPlus, empresa de serviços de Marketing do Sudeste Asiático, liderada por Hermawan Kartajaya. Depois de dois anos de cocriação, visando o aperfeiçoamento do conceito, Philip Kotler e Hermawan Kartajaya viriam a trabalhar as ideias, culminando no livro que conhecemos hoje.

Muitos dos marketers de hoje ainda praticam o Marketing 1.0, alguns praticam o Marketing 2.0 e uma parte está a dirigir-se para o Marketing 3.0.

Feito o enquadramento acima, importa perceber a história do Marketing 1.0 e do Marketing 2.0, até “à tecnologia de nova vaga”, que veio possibilitar a conectividade e interactividade entre indivíduos e grupos, o que se traduz na ideia de Marketing 3.0

1900: Revolução Industrial – Marketing 1.0: Marketing centrado no Produto, orientado para a transação, para a venda;

1990: Tecnologia da Informação – Marketing 2.0: Marketing centrado no Consumidor, na relação para o reter, satisfazer e levá-lo a comprar de novo;

2010 em diante: Era dos consumidores altamente conscientes – Marketing 3.0: Marketing movido por valores, no convite à participação no desenvolvimento de produtos e comunicação das empresas, acabando por levar à transformação do mundo num sítio melhor, através dessa colaboração.

Os marketers de hoje já não possuem um controlo total sobre as suas marcas porque agora estão a competir com o poder colectivo dos consumidores.

É um dado adquirido em 2015 assumirmos o perfil dos consumidores das sociedades mais desenvolvidas como sendo pessoas activas na escolha de determinados produtos ou serviços que satisfaçam as suas necessidades mais profundas de criatividade, de comunidade, e que respeitem os seus valores enquanto clientes.

Num cenário macroeconómico em constante mudança e numa sociedade cada vez mais interligada pela tecnologia, transformações sociais, económicas e culturais rápidas e frequentes, as empresas que consigam criar ferramentas de colaboração orientados para os diversos stakeholders terão um posicionamento único no mercado e uma mais valia para o cliente.
A preocupação não está só centrada num produto de qualidade a preço razoável, nem mesmo que este seja certificado, mas na colaboração para desenvolver novas formas de criação de produto e experiência entre consumidores, fornecedores e a própria empresa, interligados numa rede de inovação.

No Marketing 3.0, as empresas têm de abordar os consumidores como seres humanos completos

Esta ideia implica alargar a visão, valores, missão e cultura empresarial, para ajudar os consumidores a falarem entre si, potenciando novas oportunidades positivas, fortalecendo parcerias e alianças estratégicas bem-sucedidas e permitindo implementar um modelo de negócio centrado no ser humano.

instagram

Marketing 3.0 – Do Produto e do Consumidor até ao Espírito Humano apresenta várias sugestões para implementar o Marketing 3.0, com o objectivo de resolver problemas globais, como bem-estar, pobreza e sustentabilidade ambiental. Esta resolução de problemas será conseguida pela implementação, por parte das empresas, de modelos de negócio centrado no ser humano.

O conteúdo do livro tem muitas áreas para explorar, por isso resta-me desejar-lhe boas leituras e que tire proveito da riqueza de informação que vai encontrar!


Autores:

Philip Kotler, conhecido como o “Pai do Marketing Moderno”, é professor de Marketing Internacional na Kellogg School of Management, Northwestern University. O Wall Street Journal considera-o um dos seis mais influentes pensadores da área de negócios.

Hermawan Kartajaya é fundador e CEO da MarkPlus, Inc. e um dos “50 gurus que moldaram o futuro do marketing”, segundo o Chartered Institute of Marketing, no Reino Unido.

Iwan Setiawan (Kellogg School of Management) é consultor sénior da MarkPlus, Inc


Bibliografia:

KOTLER, P. KARTAJAYA, H. SETIAWAN, I. Marketing 3.0: Do produto e do consumidor até ao espírito humano. Actual Editora, Abril 2014
Versão original escrita em 2010

Comments

Comments are disabled for this post